Briga faz Bruno perder 59 dias trabalhados em penitenciária

Briga faz Bruno perder 59 dias trabalhados em penitenciária

Tribunal de Justiça corrigiu cálculo divulgado anteriormente

Do R7

Goleiro ameaçou presos e carcereiro em dia de visita da mulher Marcelo Albert/TJMG

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais corrigiu nesta quinta-feira (23) o cálculo dos dias trabalhados na cadeia pelo goleiro Bruno Fernandes. O ex-amante de Eliza Samudio teve cortados 59 dias dos 177 possíveis que poderiam ser reduzidos da pena. Antes, o TJ estimava que Bruno perderia 113 dias.

A punição foi aplicada por causa do envolvimento do goleiro em uma confusão na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Grande BH. No dia 1º de abril de 2013, ogoleiro se desentendeu com detentos que falaram de sua mulher. Um agente penitenciário teria sido ameaçado.

A Justiça considerou o caso como “falta grave” e determinou a perda de 59 dos 117 dias trabalhados, que poderiam ser computados na remição de pena – a cada três dias de trabalho, um é retirado da pena total.

Segundo o TJ, o cálculo não altera o prazo para o fim do cumprimento da pena em regime fechado. O juiz da Vara de Execuções Criminais de Contagem chegou a determinar o adiamento da data base para a obtenção do regime semiaberto de janeiro de 2020 para agosto de 2020. No entanto, a decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais suspendeu esta punição e manteve a data mais próxima.

http://noticias.r7.com/minas-gerais/briga-faz-bruno-perder-59-dias-trabalhados-em-penitenciaria-23012014

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: