Brasilienses acompanham estreia de "Os dez Mandamentos" com ator do longa

Realidade e ficção se misturaram na estreia do filme Os Dez Mandamentos, no cinema do Casa Park, na última quinta-feira (28)GER1010

Na entrada do Casa Park, uma parte do cenário do filme Os Dez Mandamentos encantava os espectadores, que enfrentaram uma extensa fila na quinta-feira (28) para ver as tão esperadas cenas inéditas dos 176 capítulos da novela que se transformou em uma adaptação de duas horas. Teve até a presença do ator Petrônio Gontijo, que interpretou Abrão no épico bíblico.

“A expectativa é do tamanho da tela”, resumiu o ator. De acordo com ele, as duas horas de filme surpreenderam, inclusive, o elenco da novela, que não sabia dos detalhes do longametragem.  “Está muito bonito. A gente está muito feliz com a repercussão da novela. E eu sinto que a função da novela, de comunicar uma emoção, uma ideia, aconteceu”, disse Petrônio Gontijo, adiantando que a continuação do sucesso começa a ser gravada já na próxima semana.

“Não posso contar o que os espectadores verão no filme, até porque quero convidá-los a assistir. Mas, como a novela precisava deixar um gancho para a continuação, o filme chegou a uma conclusão de uma forma muito bonita. Ninguém sabia. Eu também não esperava. É, realmente, um bônus a mais”, destacou o ator.

Quem aguardava na fila para entrar na sala de cinema garantia, no entanto, que seria difícil o filme superar a novela. “É complicado querer sintetizar seis meses em duas horas. Mas, como a novela, de fato, foi uma superprodução, a expectativa é, sim, a melhor possível”, disse o arquiteto Ricardo Sezar, de 50 anos. Ele e a mulher Solange Sezar, de 52 anos, estavam esperando pacientemente para conferir o longametragem. “Espero que a qualidade do cinema supere a da televisão”, confessou a servidora pública.

E se engana quem pensa que os espectadores da estreia se resumiam apenas a fãs da novela. A jornalista Leonice Leal, de 38 anos, era a primeira da fila e não conseguiu acompanhar o sucesso dos 176 capítulos na TV. “Vim mais por conta da repercussão mesmo. Fiquei muito curiosa. O pouco que vi na televisão, confesso, me surpreendeu muito. Então, acho que o filme deve ser uma superprodução mesmo”, disse.

Muitos jovens também foram acompanhar a estreia do longametragem. A estudante Poliany Martins, de 17 anos, contou que assistia à novela ao lado da avó. E ficou impressionada com a produção das cenas. “O filme também é maravilhoso. É uma história que prende. E, se tem algumas coisas inéditas, ficou melhor ainda”, opinou.

A mãe da jovem, Eliene Ferreira, de 32 anos, no entanto, não acompanhou a novela. Por isso, a expectativa era ainda maior. “Eu conheço a história da bíblia, mas não tive tempo de ver a novela pois estudo à noite. Na verdade, estou muito feliz de terem feito o filme. Só assim para eu recuperar o que perdi. Todo mundo que via a novela dizia que era maravilhosa. Ainda bem que vou ter tempo de conferir”, elogiou a vendedora.

A segunda temporada da novela terá, a princípio, 60 capítulos. A estreia do novo folhetim está marcada para março. O filme está em cartaz em vários cinemas de todo o Distrito Federal. Confira a programação no Clicabrasília.

Confira o trailer: 

Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: