Brasília está pronta para jogo de segunda-feira


Brasília está pronta para jogo de segunda-feira

Segurança e transporte serão reforçados para partida da seleção nesta segunda-feira na capital


A segurança será reforçada nesta segunda-feira, quando Brasil e Camarões se enfrentam no Estádio Nacional Mané Garrincha pela Copa do Mundo. Caso seja necessário, até 1,9 mil policiais militares podem ser destacados para conter manifestações em volta do estádio. O acesso da imprensa também será protegido para evitar um episódio semelhante ao ocorrido no Maracanã, quando chilenos invadiram o centro de mídia, na última quarta.

A operação para o jogo repetirá o que foi feito nas partidas entre Suíça x Equador e Colômbia x Costa do Marfim. Haverá interdição de vias, circulação de linhas especiais sem cobrança de tarifa e reforço na quantidade de trens do Metrô. Foi decretado ponto facultativo tanto para servidores do GDF como do governo federal.

Em resposta às criticadas filas que se formaram nos dias de jogos no Mané Garrincha, o GDF recomenda aos torcedores que cheguem cedo ao estádio, com pelo menos duas horas de antecedência. Também é aconselhado evitar bolsas e mochilas. “Pedimos ao torcedor que chegue cedo porque todos os protocolos de segurança serão cumpridos. Nós temos uma previsão de mais de 70 mil pessoas no estádio. Quem vai de carro leva um tempo para esse deslocamento até o estádio, que é preciso ser levado em conta”, disse o secretário de Segurança Pública, coronel Paulo Roberto.

Segurança

O efetivo prometido pela Secretaria de Segurança Pública parte inicialmente de 1.620 homens, que podem receber reforço em caso de protestos. Dentro do estádio, atuarão 800 “stewards”, os seguranças privados contratados pela Fifa. Na sala de imprensa, serão 18 policiais a postos para evitar tumultos. Depois da prisão de dois brasileiros e um colombiano que revendiam ingressos na porta do estádio, na última quinta-feira, continua a operação para coibir a atuação de cambistas.

Dicas

A interdição das vias ao redor do Estádio Nacional tem início à 0h.

As demais pistas ficam fechadas a partir das 11h.

A abertura deve ocorrer no máximo até as 20h.

A via N1 permanece fechada no trecho entre a Rodoviária e o Tribunal de Contas.

A N2 será interditada entre a rotatória da W4/W5 Norte até a via de contorno do autódromo, que também ficará fechada até a EPIA.

A via S2 terá interdição entre a S1 e a W5 Sul.

O acesso ao Parque da Cidade terá fechamento da via W5 Sul até o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios.

Haverá alterações na via S1 e na via de contorno do Parque da Cidade.

O mapa completo com as vias interditadas pode ser acessado no site copa2014.df.gov.br.

Qual ônibus pegar e onde estacionar

Os ônibus convencionais terão circulação mantida na segunda-feira. A mudança deve ficar por conta da instalação de um novo bolsão para táxis, no Setor Hoteleiro Norte, na direção da Torre de TV. O ponto em frente ao Centro Empresarial Brasil 21 será mantido.

Haverá três linhas de ônibus gratuitas no dia do jogo. A 108.6 passa pela Rodoviária do Plano Piloto e pelo Shopping Popular. Os torcedores que estacionarem no Parque da Cidade devem usar a linha 109.2, que passará a cada cinco minutos. E também operará a linha 109.7, que liga a Rodoviária à Funarte.

Para portadores de mobilidade reduzida, ônibus adaptados sairão do Colégio Militar de 15 em 15 minutos. O Metrô opera com o máximo da capacidade, 24 trens, das 13h às 22h.

Pontos estratégicos

O torcedor poderá estacionar seu carro em nove pontos. Além do Parque da Cidade, plataforma superior da Rodoviária, Shopping Popular, setores de Rádio e TV Norte e Sul, setores Comercial Norte e Sul e setores Bancário Norte e Sul. No Fan Fest, em Taguatinga, a capacidade é de 50 mil pessoas. Em uma semana de Mundial, passaram por lá 120 mil torcedores. Após o jogo do Brasil, na segunda, tem show do cantor Naldo.

Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: