Brasil 4 x 0 Japão: Em amistoso na Polônia, Brasil goleia o Japão com gols de Paulinho, Neymar e Kaká

Em mais um amistoso, Seleção Brasileira goleia o Japão por 4 a 0. Com gols de Paulinho, Neymar e Kaká, esquema tático proposto por Mano Menezes surte o efeito desejado.

A partida que serviu de avaliação para o esquema tático proposto por Mano Menezes resultou no efeito desejado pelo técnico. A Seleção Brasileira venceu com tranquilidade o confronto contra o Japão, por 4 a 0, nesta terça-feira, no estádio Miejski, na Polônia. Os autores dos gols foram Paulinho, Neymar e Kaká, que sairam do campo aplaudidos pelo pouco público presente nas arquibancadas.

O jogo no primeiro tempo

A Seleção Brasileiro entrou em campo com uma aletração em relação ao time que goleou o Iraque: com a fratura do pé direito de Marcelo, Mano Menezes optou pela escalação do zagueiro Leandro Castán na lateral esquerda. A partida começou com bastante ritmo e com mais posse de bola pela seleção japonesa.

A primeira tentativa direta de gol foi do Japão. Aos 5 minutos, em boa tabela com Honda, Kagawa entrou na área pela direita, carregou a bola para o meio e bateu forte de canhota. A bola saiu rente à trave esquerda de Diego Alves, que apenas observou o lance de perigo.

No entanto, mesmo com as primeiras investidas japonesas, foi o Brasil quem inaugurou o marcador aos 11 minutos. A jogada que começou com Oscar foi repassada para Paulinho, pela meia-esquerda, que finalizou de três dedos para o canto direito do goleiro de Kawashima.

Depois do primeiro gol, as melhores oportunidades foram criadas pelo Brasil. O Japão tinha mais posse de bola, mas as melhores chances passaram a ser todas do Brasil. Aos 15 minutos, Neymar enfiou na área para Paulinho, que estava livre. Ele driblou o goleiro, mas chutou para fora, mesmo com o gol vazio. Ainda assim, mesmo com algumas tentativas frustradas, aos 24 minutos, o árbitro marcou um pênalti a favor do Brasil, após uma dividida entre Kaká e Konnon, onde a bola teria batido no braço do jogador japonês. Neymar fez a cobrança e ampliou para o Brasil.

Mais tranquilo em campo, a Seleção arriscou mais chutes para a área adversária. O primeiro tempo finalizou com uma bola na trave de Kaká.

Confirmação da vitória

Sem alterações no intervalo, o Brasil surpreendeu a equipe japonesa logo nos dois primeiros minutos do segundo tempo. Oscar cobrou escanteio da direita, Neymar dominou na segunda trave, limpou a marcação e chutou forte. A bola desviou no zagueiro e enganou o goleiro Kawashima.

Com três gols à frente, o Japão não conseguia finalizar os ataques. Os lances de maior perigo também saíram pela linha de fundo. A Seleção Brasileiro aproveitou a fragilidade do adversário e Kaká também fez o seu na partida. Aos 33 minutos, o meia recebeu de Paulinho, invadiu a área, puxou para a perna esquerda e bateu cruzado. O goleiro chegou a encostar na bola, mas não foi o suficiente para tirar do alvo.

Com a vitória garantida, Mano Menezes fez alterações e tirou os autores dos gols de campo. Giuliano, Lucas, Thiago Neves e Leandro Damião tiveram os últimos minutos da partida para correr no campo.

A partida que serviu de avaliação para o esquema tático proposto por Mano Menezes resultou no efeito desejado pelo técnico. A Seleção Brasileira venceu com tranquilidade o confronto contra o Japão, por 4 a 0, nesta terça-feira, no estádio Miejski, na Polônia. Os autores dos gols foram Paulinho, Neymar e Kaká, que sairam do campo aplaudidos pelo pouco público presente nas arquibancadas.

O jogo no primeiro tempo

A Seleção Brasileiro entrou em campo com uma aletração em relação ao time que goleou o Iraque: com a fratura do pé direito de Marcelo, Mano Menezes optou pela escalação do zagueiro Leandro Castán na lateral esquerda. A partida começou com bastante ritmo e com mais posse de bola pela seleção japonesa.

A primeira tentativa direta de gol foi do Japão. Aos 5 minutos, em boa tabela com Honda, Kagawa entrou na área pela direita, carregou a bola para o meio e bateu forte de canhota. A bola saiu rente à trave esquerda de Diego Alves, que apenas observou o lance de perigo.

No entanto, mesmo com as primeiras investidas japonesas, foi o Brasil quem inaugurou o marcador aos 11 minutos. A jogada que começou com Oscar foi repassada para Paulinho, pela meia-esquerda, que finalizou de três dedos para o canto direito do goleiro de Kawashima.

Depois do primeiro gol, as melhores oportunidades foram criadas pelo Brasil. O Japão tinha mais posse de bola, mas as melhores chances passaram a ser todas do Brasil. Aos 15 minutos, Neymar enfiou na área para Paulinho, que estava livre. Ele driblou o goleiro, mas chutou para fora, mesmo com o gol vazio. Ainda assim, mesmo com algumas tentativas frustradas, aos 24 minutos, o árbitro marcou um pênalti a favor do Brasil, após uma dividida entre Kaká e Konnon, onde a bola teria batido no braço do jogador japonês. Neymar fez a cobrança e ampliou para o Brasil.

Mais tranquilo em campo, a Seleção arriscou mais chutes para a área adversária. O primeiro tempo finalizou com uma bola na trave de Kaká.

Confirmação da vitória

Sem alterações no intervalo, o Brasil surpreendeu a equipe japonesa logo nos dois primeiros minutos do segundo tempo. Oscar cobrou escanteio da direita, Neymar dominou na segunda trave, limpou a marcação e chutou forte. A bola desviou no zagueiro e enganou o goleiro Kawashima.

Com três gols à frente, o Japão não conseguia finalizar os ataques. Os lances de maior perigo também saíram pela linha de fundo. A Seleção Brasileiro aproveitou a fragilidade do adversário e Kaká também fez o seu na partida. Aos 33 minutos, o meia recebeu de Paulinho, invadiu a área, puxou para a perna esquerda e bateu cruzado. O goleiro chegou a encostar na bola, mas não foi o suficiente para tirar do alvo.

Com a vitória garantida, Mano Menezes fez alterações e tirou os autores dos gols de campo. Giuliano, Lucas, Thiago Neves e Leandro Damião tiveram os últimos minutos da partida para correr no campo.

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: