Beto Albuquerque será vice na chapa de Marina Silva


LEONARDO BENASSATTO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O deputado Beto Albuquerque (PSB-RS) foi definido nesta terça-feira (19) como o candidato a vice-presidente na chapa de Marina Silva. A Rede Sustentabilidade, de Marina, já foi avisada pela cúpula do PSB e concordou com a escolha.

Em nota divulgada à noite, o PSB confirmou a indicação do líder da bancada na Câmara dos Deputados para compor a chapa. No documento, assinado pelo presidente da sigla, Roberto Amaral, o partido informa que a chapa será sacramentada em reunião da Executiva Nacional nesta quarta-feira, às 15h, em sua sede, em Brasília.

Amaral era um dos aliados mais próximos de Eduardo Campos, que morreu em acidente aéreo no dia 13. Filiado histórico do PSB, ele trabalhou desde o início na construção da candidatura do pernambucano. O PSB de Pernambuco, que defendia a indicação do deputado Danilo Cabral, aceitou a indicação de Albuquerque nesta terça (19), após reuniões com o presidente nacional do partido, Roberto Amaral.

Amaral disse que a viúva de Eduardo Campos, Renata Campos, foi consultada sobre a possibilidade de ser a vice de Marina Silva, mas ela declinou do convite porque além de ter “compromissos familiares”, ela precisa dedicar seus primeiros esforços para eleger Paulo Câmara ao governo de Pernambuco. Segundo a nota, a vitória de Câmara era um sonho que Eduardo “sempre sonhou”. O presidente da sigla esteve reunido durante todo o dia em Recife com dirigentes do PSB pernambucano e hoje ouviu a cúpula do partido sobre a composição da candidatura.

Com a decisão, Albuquerque vai renunciar à candidatura ao Senado pelo Rio Grande do Sul. Ele estava em terceiro nas pesquisas.

(*) Com agências Estado e Folha Press

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: