Banco Santos: Supremo vai investigar se Sarney foi beneficiado em saque

Sistema Financeiro
Banco Santos: Supremo vai investigar se Sarney foi beneficiado em saque
O STF (Supremo Tribunal Federal) recebeu pedido de investigação do senador José Sarney (PMDB-AP) por suposta irregularidade em episódio envolvendo o Banco Santos.

O inquérito foi distribuído ao ministro Dias Toffoli que já enviou o material para a manifestação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

O processo foi enviado pela Justiça Federal de São Paulo. Em fevereiro, o Ministério Público Federal em São Paulo informou ter elementos concretos de possível prática de delito de Sarney por sua ligação pessoal com o banqueiro Edemar Cid Ferreira, controlador do banco. Ele teria feito um saque de R$ 2 milhões um dia antes de o Banco Central decretar intervenção na instituição, em 2004. Sarney será investigado no Supremo porque ele tem foro privilegiado.

Na época, a assessoria de Sarney confirmou que ele recebeu o dono da instituição para uma reunião extra-agenda, na Presidência do Senado. Edemar Cid Ferreira estava em Brasília tentando salvar seu banco…

Uma ação na na 6ª Vara Criminal da Justiça Federal de São Paulo apura se o banqueiro Edemar Cid Ferreira cometeu crimes contra o sistema financeiro no Banco Santos.

O banqueiro já foi condenado a 21 anos de prisão por crimes como gestão fraudulenta, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro, mas recorreu.

Sarney já declarou que não teve informações privilegiadas e que isso foi referendando pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Fonte: Coluna Poder – 23/05/2014

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: