Avaliação de Dilma cai 24 pontos em um mês, segundo Ibope

As reações da presidente Dilma Rousseff às manifestações de rua ainda não geraram impacto na sua popularidade. A avaliação da população ao seu governo caiu 24 pontos percentuais no período de um mês, depois das manifestações de rua, que são apoiadas por 9 em cada 10 brasileiros (89%). As informações são de pesquisa realizada pelo Ibope, por encomenda da CNI (Confederação Nacional da Indústria).

A queda na avaliação do governo já considera todas as reações do Palácio do Planalto e do Congresso aos protestos que tomaram as ruas das principais cidades brasileiras ao longo do mês de junho. Essas reações também foram analisadas na pesquisa. Conforme o levantamento, 31% dos entrevistados deram nota “zero” para as reações da presidente Dilma às reivindicações.

A pesquisa foi realizada entre os dias 9 e 12 deste mês. Portanto, captou tanto as propostas apresentadas publicamente pela presidente Dilma em reação às manifestações, assim como a agenda positiva lançada pelo Congresso e o lançamento do programa “Mais Médicos” pelo governo federal.

Na última pesquisa CNI/Ibope, divulgada no dia 19 de junho, as entrevistas foram realizadas entre os dias 8 e 11 daquele mês – antes, portanto, do início das manifestações mais fortes pelo país. Ainda assim, a presidente Dilma já sofria com queda na popularidade. A avaliação positiva de sua administração caíra de 63% para 55%. Agora, aqueles que consideram o governo Dilma “ótimo” ou “bom” são 31%. Leia mais na Folha.

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: