As Divagações da Política do DF

O mesmo filme I

Mais uma vez, a sucessão ao Palácio do Buriti é transformada em um “novelo” político. A instabilidade jurídica, que se mantém e parece não dar sinais de ir embora, é “o gato que se enroscou na lã” das eleições 2014, no DF.

O mesmo filme II

Em 2010, esta “incerteza” perseguiu o ex-governador Joaquim Roriz, e quem levou a melhor foi o governador Agnelo Queiroz, que praticamente não teve adversário.

Quem vencerá?
A situação em 2014 é parecida. O ex-governador José Roberto Arruda(PR) vive as incertezas jurídicas em torno de sua candidatura. Será que Agnelo levará a melhor novamente?

Material denuncia

Para identificar as candidaturas dos milhões não é difícil, e só olhar os santinhos de campanha. A maioria não trazem o deputado federal, senador e nem governador que vão votar. Além, é claro dos caríssimos outdoors disfarçados de outras atividades, dos candidatos abonados.

Estratosféricos

O engraçado, dos milionários candidatos, é que os gastos para ser deputado distrital muitas vezes ultrapassam os de quem quer ser deputado federal. Que coisa. Isso, nem o famoso matemático Oswaldo de Souza, conseguiria explicar.

Centavo contra milhão

Com os candidatos dos milhões, os candidatos dos centavos viram meras “escadas” para os milionários serem eleitos. Ou, no popular, viram, bucha de canhão.

São poucos 


Claro, que um candidato ou outro destoa da turma e consegue se eleger. Mas são muito poucos que conseguem a tal façanha. Dinheiro tolera tudo, menos desaforos.

Bem na fita
Uma pesquisa, circula no meio político, e que este blog tomou conhecimento, indica que Arruda tem 34% das intenções de votos contra 14% do governador Agnelo Queiroz. Boa dianteira.

Competitiva 


A nominata do PMDB-DF para deputado distrital será o verdadeiro grupo da morte. A legenda não vai coligar com ninguém e dizem que as campanhas mais caras estão na legenda. Fortes emoções.

Brasília tem cura

Na onda dos profissionais liberais, que ainda não passaram nos testes das urnas, estreia na disputa deste ano na disputa por uma cadeira na CLDF, o médico Iran Augusto, pelo PPS. Com um longo histórico, que inclui sua gestão como diretor do Hospital Regional de Planaltina, em governos passados, Dr. Iran tem como slogan “Brasília tem cura”. Tomara!

Qual o motivo?

Especialistas em pesquisas de opinião de todo o Brasil, estão de olhos voltados para as eleições do DF. Motivo: mesmo com todo o “sangramento” eleitoral que tem sofrido com a batalha judicial que enfrenta, o candidato do PR ao GDF, José Roberto Arruda, não dá sinais de perder votos, por conta disso, nas ultimas pesquisas aqui realizadas. Segundo avaliam esses cientistas, as oscilações de Arruda, quando acontecem, teriam outros motivos.

Tô nem aí

Outro fato que atrai a atenção dos estudiosos de pesquisas de opinião para o DF, é o elevado índice de indecisos, que mesmo dando sinais de queda, ainda são considerados muito acima da média nacional. Todos querem saber, quando, finalmente, o eleitor do DF vai decidir seu voto. E mais ainda, quem elegerão.

Por Odir Ribeiro e colaboração especial de Francisco de Paula Lima Jr.
Fonte: Redação


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: