Área de supermercado que desabou fica interditada até readequação de carga

Parte do teto da garagem caiu sobre quatro carros: ninguém se feriu

A Defesa Civil descartou a possibilidade de erro no projeto ou na execução da estrutura da laje que desabou, na última terça-feira, no depósito do supermercado Sam’s Club de Águas Claras — pertencente à rede Wallmart. Quatro carros foram destruídos com o incidente, mas ninguém se feriu. Os engenheiros responsáveis pela construção apresentaram ontem dados sobre a edificação. O órgão concluiu que o excesso de carga sobre o local foi o motivo do desabamento.

A área em que funciona o depósito do Sam’s Club poderá ser utilizada novamente. O subsecretário de Operações da Defesa Civil, coronel Sérgio Bezerra, disse que a empresa apresentou um relatório de responsabilidade técnica com ações para garantir a segurança da edificação. Porém, o espaço em que funciona o Sam’s Club continuará interditado até que sejam atendidas algumas recomendações, como a redistribuição da carga no espaço. A empresa informou, por meio de nota, que os clientes que tiveram veículos danificados já foram contatados e serão ressarcidos.

Ontem, bombeiros e Defesa Civil trabalharam na limpeza da área. Parte dos produtos que estavam sobre a estrutura foram retirados. O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Distrito Federal (Crea-DF) solicitou a documentação correspondente a contratos e notas fiscais de serviço de execução e de instalação da obra de toda a edificação e sua manutenção.


Leia  Mais 

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: