Após acordo, alunos decidem sair da reitoria da UnB


Após acordo, alunos decidem sair da reitoria da UnB

O grupo redigiu na manhã do último dia 9 de junho, uma carta em que foram listados alguns pontos para a saída pacífica

Os estudantes que ocupavam o prédio da reitoria da Universidade de Brasília (UnB) desde a última quinta-feira, 5, resolvera m sair do local após um acordo com a direção da universidade. Cerca de 30 pessoas que participaram do ato.

O grupo redigiu na manhã do último dia 9 de junho, uma carta em que foram listados alguns pontos para a saída pacífica. Entre as reivindicações estava o pedido de revisão e acompanhamento da Defensoria Pública no processo do “catracaço”, ocorrido em fevereiro do ano passado; a responsabilização de centros acadêmicos por incidentes ocorridos em festas promovidas dentro da universidade e garantia de moradia digna para aqueles que recebem bolsa de assistência estudantil.

Acordo

No fim da manhã, os estudantes decidiram em assembleia que as barricadas instaladas na entrada da reitoria seriam removidas para o último andar, onde fica a sala do reitor. Em contrapartida, a prefeitura do campus concordou em religar a água e a luz dos ocupantes.

Por volta das 19h30, os estudantes tiveram a informação de que o reitor havia concordado com alguns pontos da carta. Após uma discussão, os alunos optaram por desocupar o lugar, mas só saíram depois que o reitor Ivan Camargo assinou um acordo.

O documento, uma das principais exigências era que a universidade revisse, em conjunto com a Defensoria Pública da União, o processo contra oito alunos que foram penalizados em R$ 20 mil pelo “catracaço”, no ano passado. Na ocasião, o grupo entrou no restaurante, pulou catracas e almoçou de graça.

Justiça

Cinco estudantes identificados como líderes da invasão foram convocados pela 9ª Vara Federal a prestar esclarecimentos em até 15 dias úteis sobre a ocupação ao prédio, que durou cinco dias.

Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: