Alunos dos Centros Olímpicos entram em ação neste sábado por mundo melhor

(Brasília 24/9/2015) – Com o objetivo de envolver e conscientizar as comunidades no que diz respeito ao combate à fome, acesso à educação básica de qualidade, cuidados com a saúde e respeito ao meio ambiente, os Centros Olímpicos e Paralímpicos do Parque da Vaquejada, Riacho Fundo I, Samambaia e São Sebastião realizam as atividades de encerramento do segundo ciclo de atividades Nós podemos.823ec6832d6ee0647baa531139423dcd_M

Os alunos das unidades vêm desenvolvendo uma série de atividades complementares ao esporte para contribuir com a resolução de grandes problemas mundiais, listados em quatro dos oito objetivos de desenvolvimento do milênio (ODM) definidos pelas Nações Unidas e também conhecidos como os oito jeitos de mudar o mundo. Nos últimos meses, foram criadas hortas comunitárias e jardins suspensos, houve contação de histórias para crianças, estímulo à doação de sangue, conscientização sobre economia de água e luz. As ações tiveram o apoio de instituições como o Hemocentro de Brasília e Embrapa Hortaliças.

Metodologia

O primeiro ciclo foi encerrado em junho e também contou com um dia especial para o encerramento. As ações Nós podemos foram sugeridas por mais de 100 profissionais da Fundação Assis Chateaubriand, entre professores, salva-vidas, pedagogos, psicólogos e assistentes sociais de quatro Centros Olímpicos e Paralímpicos do DF, durante o seminário Dialogando sobre o desenvolvimento, realizado em dezembro de 2014 pelo Núcleo ODM do Distrito Federal.

A metodologia foi criada pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) para ampliar o conhecimento sobre os objetivos do milênio, engajar a sociedade e trocar experiências. Em julho de 2015, houve uma mostra de projetos para que as equipes compartilhassem os primeiros aprendizados e pudessem sugerir melhorias para as etapas seguintes.

Cada Centro Olímpico trabalha com um ODM por ciclo. A cada ciclo, muda-se o tema, até que os quatro assuntos sejam abordados por todas as unidades esportivas. Neste fim de semana, cada unidade terá uma programação especial, com atividades como concurso de receitas, corridas, caminhada para plantio de árvores, revezamento de natação, aulão de hidroginástica, feira para troca de livros e gibis, gincana do conhecimento.

PROGRAMAÇÃO | 26 de setembro (sábado)

COP Ceilândia – Parque da Vaquejada
Tema: O nosso jeito de preservar e respeitar o meio ambiente (ODM 7: Qualidade de vida e respeito ao meio ambiente)
Horário: 8h30
– Circuito Nós podemos | Caminhada e plantio de árvores

COP Riacho Fundo I
Tema: O nosso jeito de aprender (ODM 2: Educação básica de qualidade para todos)
Horário: 8h
– Natação: 8 horas de revezamento
– Circuito Nós Podemos | Corrida pela educação básica
– Feira de troca de livros e gibis
– Gincana do Conhecimento

COP Samambaia
Tema: Celebrando a saúde em comunidade (ODM 6 – Combater a Aids, a malária e outras doenças)
Horário: 8h
– Aulão especial de hidroginástica
– Circuito Nós Podemos | Corrida Celebrando a saúde
– Atividades esportivas e de lazer
– Estande com informações sobre saúde

COP São Sebastião
Tema: O nosso jeito de combater a fome (ODM 1 – Combater a fome e a miséria)
Horário: 8h30
– Concurso de receitas
– Circuito Nós Podemos | Corrida pelo combate à fome e à miséria

A realização do evento é uma iniciativa da Secretaria do Esporte e Lazer em parceria com a Fundação Assis Chateaubriand.

http://www.esporte.df.gov.br/noticias/item/2792-alunos-dos-centros-ol%C3%ADmpicos-entram-em-a%C3%A7%C3%A3o-neste-s%C3%A1bado-por-mundo-melhor.html

About Germano Guedes

Olá Pessoal, Sou Germano Guedes, criador do site “a politica e o poder”. Baiano, morador da Estrutural desde 99, cheguei a Capital Federal para tentar a vida como milhares de outras pessoas. Ao chegar na Estrutural, começei a participar de discussões que visavam a melhoria da qualidade de vida na Cidade. Vi que alguns grupos já formados, ” monopolizavam” os moradores e inclusive, a informação que chegava até a comunidade. Nessa condição, resolvi criar um blog – meio que possibilitaria levar informação as pessoas. Neste canal, soltei o verbo e começei a dizer o que eu realmente pensava sobre o que acontecia na Estrutural. Abordei vários assuntos polêmicos, revelei notícias “bombas” e muitas vezes, tive que desmascarar grupos organizados que não pensavam no interesse da população – como diz o ditado ” era só venha a nós” e a população que se vire. Como Prefeito Comunitário pude participar mais ativamente das ações políticas que discutiam a Estrutural. Lixão, instalação de creches, reabertura de escolas e a regularização de alvará dos comerciantes eram algumas de nossas reivindicações. No ano de 2014, fui indicado pelo meu Partido – PRB – a vaga de administrador da Cidade. Continuo abastecendo o site com notícias e assuntos polêmicos, dizendo realmente o que penso. Porém, agora somos uma equipe e ” A Política e o Poder”, além de abordar assuntos correlatos à Estrutural, terá uma discussão voltada para todo o Distrito Federal, garantido informação e notícias exclusivas a todos os brasilienses que nos acompanham.
%d blogueiros gostam disto: