Aeroporto JK registra 871 casos de problemas envolvendo bagagens

Em pouco mais de um ano, de junho do ano passado a setembro deste ano, o número de reclamações ajuizadas no Juizado Especial do Aeroporto de Brasília referentes a extravios, furtos e danos em bagagens somam 871. Desse total, o maior número corresponde de queixas corresponde a extravios de bagagens, que somaram 529, enquanto danos e furtos somaram 342.

A empresa com o maior número de reclamações no período da pesquisa é a TAM, com 188 queixas de extravio e 140 de furtos e danos. Em seguida vem a Gol, com 78 e 38, respectivamente e a WEBJET com 38 reclamações de extravio e 27 de furtos e danos. De acordo com a estatística de atendimentos do Juizado Especial do Aeroporto de Brasília, em setembro de 2012 foram realizados 559 atendimentos, dos quais, 382 se referem a esclarecimentos e pedidos de informações; 49 audiências de instrução e julgamento foram marcadas; 94 acordos alcançados; 6 casos encaminhados a outros estados da federação e 18 pessoas desistiram da ação.

O Juizado Especial do Aeroporto de Brasília oferece atendimento gratuito aos usuários dos serviços prestados pelas companhias aéreas do país, sem que haja a necessidade de sair do aeroporto e de constituir advogado. O Objetivo é a conciliação entre as partes, de modo que todos saiam satisfeitos. O serviço só poderá ser acionado para resolver questões que envolvam valores de até 20 salários mínimos.

O consumidor que quiser solucionar um problema no Juizado Especial do Aeroporto deve entrar com o pedido dentro de 24h do incidente ocorrido. O juizado está localizado próximo aos stands de venda de passagens aéreas no 1º andar e atende das 6h às 24h, todos os dias, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

Fonte: TJDFT

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: