Acidente aéreo: polícia ainda trabalha para esclarecer dinâmica da colisão


Acidente aéreo: polícia ainda trabalha para esclarecer dinâmica da colisão

Na última segunda-feira (19), nas proximidades de São Sebastião, o ultraleve colidiu com outra aeronave

A perícia da Polícia Civil ainda não conseguiu esclarecer a dinâmica do acidente aéreo que matou o instrutor de voo Frederico Medeiros de Mello, 32 anos. Na última segunda-feira (19), nas proximidades de São Sebastião, o ultraleve pilotado por ele colidiu com outra aeronave, do mesmo modelo, pilotada pelo pai de Frederico, Ubiratan de Mello, 63 anos.

Para que os detalhes do acidente sejam revelados, diz o delegado Érito Cunha, é preciso colher o depoimento de Ubiratan – o que ainda não ocorreu porque o homem se encontra em estado de choque, muito abalado com a tragédia. “Vamos ouvir o Ubiratan até o fim desta semana. Ainda iremos ouvir as testemunhas e os controladores de voo”, afirma o delegado-chefe da 30ª Delegacia de Polícia (São Sebastião).

Cunha acrescenta ainda que, por enquanto, “sabe-se que o teto de uma das aeronaves atingiu a parte de baixo da outra, mas ainda não se sabe qual das duas fez cada coisa”.

Aeródromo
A colisão ocorreu a aproximadamente 5 km do Aeródromo Botelho, próximo à BR-251, rodovia que liga São Sebastião a Unaí (MG). A perícia iniciou os trabalhos logo após o acidente e retomou os procedimentos ontem pela manhã. A Aeronáutica também enviou uma equipe ao local. Porém, de acordo com a assessoria de imprensa do órgão, a Aeronáutica não vai investigar o caso, pois as aeronaves são classificadas como experimentais. Portanto, não passíveis de investigação, uma vez que não seguem os padrões exigidos pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

O delegado Érito Cunha diz que não há um prazo para a conclusão do inquérito. “Em um caso como esse, não há uma pena mais dramática do que a que esse pai irá sentir pelo resto de sua vida. Sendo assim, não há pressa”, explicou.

Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: