A verdade dói; mas precisa ser dita: GDF não pretende conceder reajuste para PM!

1600111_595788177154955_1819914795_n


A ASPRA em seu site lançou a nota: “A verdade dói, mas precisa ser dita” (para entrar no site da Aspra, basta clicar).

Diante dos inúmeros babados que abastecem as redes sociais sobre possíveis aumentos salariais que o GDF estaria propenso em conceder para os militares do DF, a ASPRA pediu a uma fonte da entidade ligada diretamente ao secretário de Administração, Wilmar Lacerda, para saber se há algum fundo de verdade no que se comentam.

A resposta de Wilmar foi: “Não está marcada nenhuma reunião com nenhuma associação ou representantes dos PMs e BMs e que o GDF não ligou e não ligará pra ninguém, e que os militares do DF estão bem renumerados, ganhando melhor do que um professor, que não há nenhum estudo para conceder aumento no auxílio moradia ou qualquer outro benefício às categorias, e que convidou e levou o coronel Bambrilha ao Ministério do Planejamento, e que o coronel ouviu do secretário geral do Ministério, que há uma determinação da presidente Dilma em não conceder nenhum aumento para os policiais e bombeiros de Brasília, haja vista, que Dilma sabe da bomba que pode explodir em todo país dos militares de outros estados que estão de olho na movimentação dos colegas do DF se for concedido aumento salarial. E foi mais contundente: que o Ministério Público só vive solicitando ao GDF para que se manifeste sobre a operação tartaruga, para poder abir inquérito contra quem está por trás do movimento, e que Agnelo se nega em provocar o MP por compartilhar da ideia de que os trabalhadores têm direito de se manifestar livremente. E que o deputado Chico Vigilante é quem mais pressiona Agnelo para dar um basta na Operação Tartaruga pois sabe que o desgaste do governo é muito grande. No mais disse que qualquer associação constituída legalmente pode solicitar uma audiência com ele na Secretaria de Administração, que ele receberá qualquer entidade e dirá a mesma coisa que falou à fonte da ASPRA”.

A nota é mais longa, mas nos limitaremos ao que realmente importa. O presidente do Clube dos Bombeiros Militares do DF também emitiu uma nota a respeito do tema, intitulada: A verdade sobre a suposta proposta do Governo do DF:

Caros Bombeiros e Policiais Militares,

Diante de várias informações que começam a transitar nos corredores dos quartéis e redes sociais. Venho esclarecer que o governo do Distrito Federal não apresentou nenhuma proposta formal. A situação é crítica, pois a cada dia, a insatisfação aumenta, mas temos que ter sabedoria, pois existem grupos políticos infiltrados em nossa categoria, cuja a finalidade é somente disseminar o caos, e nossa intenção é trazer benefícios para nossa categoria. O que existe de concreto é que o Secretário de Administração Pública comentou em uma conversa informal sobre a possibilidade de uma reunião com as associações dos Bombeiro e da Policia Militar, que lideram os movimentos reivindicatórios em curso, onde seria apresentada uma proposta, ressaltando que não foi discutido data. Eu também tive uma conversar informal com uma outra autoridade do governo da área da segurança pública, vindo a mesmo a garantir que o governo estava preparando uma proposta, mas não poderia dizer mais nada, pois a proposta não foi concluída. Podemos apenas concluir duas coisas: primeiro não será a reestruturação que o governo irá apresentar; e segundo que o suposto reajuste não será no auxílio moradia ou qualquer auxílio ou gratificação prevista na lei 10486, pois no art. 65, desta lei, estabelece que todas as vantagens devem ser estendidas aos ex territórios. Restando apenas a VPE ou o próprio risco de vida para serem reajustados, pois estão em outras leis, 11134 e 12086, respectivamente, estes não atingem os ex territórios. Com relação a valores não existe nada de concreto.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: