A mídia corrupta esconde a verdade porque também faz parte da quadrilha. Corrupção no metrô de São Paulo foi maior na gestão de Serra, diz MP


Por Redação – de São Paulo


José Serra (PSDB) diz que não sabia de nadaA máfia que superfaturou contratos com o Metrô de São Paulo e a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) agiu de forma muito intensa durante o governo de José Serra (PSDB), embora o ex-governador negue. A informação foi publicada na edição deste fim de semana da revista semanal IstoÉ.


Segundo a publicação, a documentação em poder do Ministério Público de São Paulo indica que as irregularidades ocorreram entre 2008 e 2011. No período em que a maior parte dos contratos irregulares foi assinada, período do governo do ex-governador José Serra (entre 2007 e 2010).

O ex-governador tucano diz que durante sua gestão não tomou conhecimento de qualquer cartel montado por empresas de transportes sobre trilhos, diz a reportagem. Novos documentos mostram, no entanto, que a máfia que superfaturou contratos com o Metrô de São Paulo e a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) não somente agiu durante o governo Serra como foi incentivada por agentes públicos a montar um cartel.

Os superfaturamentos estão relacionados a um controverso projeto de modernização de 98 trens das Linhas 1-Azul e 3-Vermelha do Metrô. A reforma dos veículos, com cerca de quatro décadas de operação e considerados “sucata” pelas autoridades que investigam o caso, custam ao erário paulista R$ 2,87 bilhões em valores não corrigidos, um prejuízo de quase R$ 1 bilhão.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: