50 anos do Golpe Militar


Hoje se completa 50 anos do Golpe Militar de 1964, que instituiu 20 anos de ditadura político-militar e levou o país a aclamar nas ruas eleições diretas para presidente da República (Diretas Já!). Mesmo com toda ruptura democrática e suas consequências políticas internacionais, além de toda a repressão violenta e as inúmeras mortes provocadas pelo comando dos militares, muitos ainda insistem em chamar o Golpe de “Revolução de 1964”, jargão indissociável dos milicos. Mesmo diante de um cenário social trágico e a ausência de democracia, o período militar (1964/1985) ainda trás lembranças positivas em alguns, que vangloriam o desenvolvimento econômico do país naqueles anos, que mesmo com toda desenvoltura, acabou com a crise inflacionária que levou à queda do regime. Tudo tem seu lado positivo e negativo, inegável!

Atualmente tem sido revisto lados positivos e negativos do Golpe

Apoio à democracia

O que é preocupante é que a população brasileira ainda têm dúvidas quanto à democracia. Na última pesquisa do renomado Instituto chileno Latinobarómetro, divulgada em novembro de 2013 e publicada na revista britânica “The Economist”, apenas 49% dos brasileiros apoiam a democracia em relação a outras formas de governo, um dos piores índices entre os 18 países latino-americanos que envolvem o levantamento. O fato que devemos refletir não é se a democracia é melhor ou pior que outros regimes. Precisamos aumentar as formas de participação popular e politizar a sociedade para que essa possa escolher racionalmente seus representantes e, só então, pensarmos se a democracia não é a melhor forma de governo.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: