311 mil eleitores do DF correm o risco de não poder votar

Caso as eleições fossem hoje, nada menos que 311,3 mil brasilienses estariam inaptos a escolherem seus representantes. Esse é o número de eleitores que ainda não fizeram o recadastramento obrigatório e, com isso, estariam impedidos de votar. O prazo para realizar o procedimento se encerra daqui a 11 dias, no dia 31.


O número de pessoas que ainda não fizeram o recadastramento corresponde a 17% dos 1,8 milhão de eleitores do DF. Na tentativa de acelerar o processo nesta reta final, o Tribunal Regional Eleitoral anunciou ontem que, até 31 de março, os postos de atendimento vão funcionar todos os dias da semana, inclusive sábados e domingos.


Nos finais de semana, os postos vão funcionar em um esquema de plantão, das 8h às 14h. A única exceção é a unidade do Pátio Brasil Shopping, que não abre no domingo e, neste sábado, funciona das 10h às 14h. Já no último dia do recadastramento, todos os postos funcionarão das 8h às 18h.
Em junho do ano passado, quando o TRE verificou que o ritmo de atendimento estava abaixo do esperado, as unidades já haviam começado a funcionar quinzenalmente aos sábados.


Desde o dia 7 deste mês, não é mais necessário agendar o atendimento. Basta comparecer a um posto com identidade, título eleitoral e comprovante de residência. Todos os eleitores devem cadastrar a biometria, mesmo quem tem voto facultativo. Se não o fizer, fica impedido de votar, tirar passsaporte e participar de concursos públicos.

Regiões
A região do DF com menos usuários recadastrados é a Asa Sul, onde 24,3% dos eleitores ainda não fizeram o procedimento. Em seguida, aparece a Ceilândia Norte, com 22,7%. Já a região com maior número de eleitores em dia é Taguatinga Sul, com 86% recadastrados.

Fonte: Jornal Destak

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: