Desconhecido posta foto de jornalista com falso anúncio de venda de bebê por R$50

Desconhecido posta foto de jornalista com falso anúncio de venda de bebê por R$50

Um homem, cujo perfil será investigado, postou uma imagem da moça quando gestante em um grupo de vendas, e declarou que ela estava ofertando a criança

Ana Luiza Campos
20150511234105

A jornalista Raíssa Gomes, 25 anos, teve uma foto postada na internet em publicação que gerou revolta em integrantes de um grupo em uma rede social. Um homem, cujo perfil será investigado pela polícia, postou uma imagem da jovem quando gestante em um grupo de vendas, e declarou que ela estava ofertando o bêbe por R$50. O caso foi registrado na 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte), na tarde desta segunda (11).

A informação chegou a Raíssa hoje, através de um amigo que mora em Salvador (BA). O rapaz havia visto a postagem em um grupo voltado a moradores da cidade. A vítima, então, resolveu monitorar a postagem e registrou também os comentários e o perfil do autor. “O anúncio dizia que eu estava vendendo o bêbe po R$50 por não ter conseguido remédios abortivos”, conta a jornalista.

Registros

Ao reunir os registros, Raíssa disse que buscou informações sobre como deveria proceder e quais seriam os diretos que a protegeriam. Carlos Alberto Santos de Paulo, 52 anos, é pai da jovem e a acompanhou até a delegacia. Ele é coordenador de enfrentamento racista da Secretaria de Estado de Políticas para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Semidh) e considera o caso inaceitável. “O racismo necessita de combate mais intenso”, declarou.

Para Carlos, este é um grande desafio para a Secretaria, pois os racistas estão se expressando de maneira cada vez mais explícita, talvez na ilusão de que não serão punidos. Ele afirma que “as políticas públicas, pricipalmente de ações afirmativas, vem criando um novo olhar sobre o racismo no país.”

A jornalista disse já ter sofrido diversos casos de racismo, mas revelou que esta foi a primeira vez que aconteceu por meio da internet. “Estou me sentindo mal e muito incomodada. Quero que a pessoa responsável por isso responda criminalmente”, desabafou. Raíssa explicou que não selecionou a opção “denunciar” no perfil do autor, para que a página não seja desativada e a polícia possa investigar.

Segundo a Polícia Civil, o caso, provavelmente, será enviado para a Secretaria de Segurança do Estado da Bahia, já que é a origem do acontecimento.

Divulgação da foto

Segundo a jovem, a imagem foi divulgada junto a uma publicação feita por ela em um blog. Aos noves meses de gravidez, Raíssa foi vítima de racismo por parte de uma médica que a atendeu no pronto-socorro de um hospital particular, em Brasília. A jornalista, então, escreveu um texto para a página “Blogueiras Negras”. Na publicação, ela postou a foto para “ilustrar o episódio de racismo descrito no texto”. Por isso, jamais imaginou que a imagem fosse ser usada por um desconhecido para fins dissimulados. “Meu intuito em divulgar foi reprimir e coibir atos de racismo na sociedade”, explicou.

*Com informações de Manuela Rolim

Fonte: Da redação do Jornal de Brasílía

About Germano Guedes

Olá Pessoal, Sou Germano Guedes, criador do site “a politica e o poder”. Baiano, morador da Estrutural desde 99, cheguei a Capital Federal para tentar a vida como milhares de outras pessoas. Ao chegar na Estrutural, começei a participar de discussões que visavam a melhoria da qualidade de vida na Cidade. Vi que alguns grupos já formados, ” monopolizavam” os moradores e inclusive, a informação que chegava até a comunidade. Nessa condição, resolvi criar um blog – meio que possibilitaria levar informação as pessoas. Neste canal, soltei o verbo e começei a dizer o que eu realmente pensava sobre o que acontecia na Estrutural. Abordei vários assuntos polêmicos, revelei notícias “bombas” e muitas vezes, tive que desmascarar grupos organizados que não pensavam no interesse da população – como diz o ditado ” era só venha a nós” e a população que se vire. Como Prefeito Comunitário pude participar mais ativamente das ações políticas que discutiam a Estrutural. Lixão, instalação de creches, reabertura de escolas e a regularização de alvará dos comerciantes eram algumas de nossas reivindicações. No ano de 2014, fui indicado pelo meu Partido – PRB – a vaga de administrador da Cidade. Continuo abastecendo o site com notícias e assuntos polêmicos, dizendo realmente o que penso. Porém, agora somos uma equipe e ” A Política e o Poder”, além de abordar assuntos correlatos à Estrutural, terá uma discussão voltada para todo o Distrito Federal, garantido informação e notícias exclusivas a todos os brasilienses que nos acompanham.
%d blogueiros gostam disto: