PM prende 2 suspeitos de assalto a carro-forte na BR-163

 PM prende 2 suspeitos de assalto a carro-forte na BR-163

Bandidos estavam com muito dinheiro e armas pesadas, em Chapada dos Guimarães

DA REDAÇÃO

Policiais militares prenderam, na noite de sábado (3), em Chapada dos Guimarães (67 km ao Norte de Cuiabá), dois homens que estavam com dinheiro, pistolas e carregadores de fuzis, numa picape S 10 com placas do Pará.

Eles são suspeitos de participar, na sexta-feira (1º) à tarde, do ataque a um carro-forte da Brinks, entre a localidade de Posto Gil e a cidade de Nova Mutum, a 250 km ao Norte de Cuiabá, na BR-163.

Segundo a Polícia, os bandidos levaram mais de R$ 1 milhão em dinheiro, que serias usados para abastecer agência bancárias e terminais de autoatendimento em cidades do Nortão.

Os presos são: Vander Ferreira, de 30 anos, que é preso albergado em Cuiabá, e Elscércio Pereira, de 30, que veio do Estado de Tocantins.

Com eles, policiais militares apreenderam duas pistolas – uma calibre 380mm e outra 9 mm -, um carregador de fuzil 762m e um AK, além de R$ 73 mil em dinheiro, um valor alto e que eles não souberam informar onde conseguiram. No veículo, foram apreendidas centenas de munições.

O comandante da Companhia da PM em Chapada dos Guimarães, major Valdemir, informou que, durante a abordagem, os presos não disseram de onde vinham para onde iam.

“No entanto, estavam com uma pistola 9mm, que é de uso restrito das Forças Armadas, e carregadores de fuzis”, informou o oficial.

Segundo o comandante do Comando Regional I, coronel Jadir Metelo Costa, a prisão ocorreu no final da noite de sábado, durante uma operação de rotina em Chapada, onde foram montadas barreiras móveis. Na abordagem, foram apreendidas as armas, munições e dinheiro.

“Os dois são suspeitos de participar do assalto (ao carro-forte), uma vez utilizaram armamento pesado e Chapada é uma das possíveis rotas para os bandidos. Somente as investigações é que poderão dizer ou não que são integrantes do bando”, observou.

Os dois foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma de uso restrito e munição. Por serem considerados perigosos, foram transferidos, após o flagrante, para a Penitenciária Central do Estado, no bairro Pascoal Ramos, em Cuiabá.

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: