OBRA Viaduto ligará o Sudoeste ao Parque da Cidade

OBRA
Viaduto ligará o Sudoeste ao Parque da Cidade
Obra custará cerca de R$ 26,6 milhões e faz parte do Corredor Oeste, que ligará Ceilândia ao Plano Piloto

DIVULGAÇÃO

Um viaduto ligará a Estrada Parque Indústrias Gráficas (Epig) à Estrada de Contorno do Bosque (ECB), via que divide o Sudoeste/Octogonal do Cruzeiro. A obra, com valor estimado em R$ 26,6 milhões, faz parte do Corredor Oeste, que ligará Ceilândia ao Plano Piloto. O edital para construção foi publicado no Diário Oficial do DF nessa quarta-feira (13).

Segundo a Secretaria de Obras, os envelopes com as propostas devem ser abertos em 15 de setembro, e a empresa vencedora começará as obras no trecho, onde passam 42 mil veículos diariamente, em até 30 dias depois desse procedimento. O prazo para conclusão são 12 meses.

“Quem sai do Cruzeiro, Octogonal e Sudoeste e quer acessar o Parque da Cidade faz um retorno e volta para a Epig para chegar até lá. Com o viaduto, o percurso será reduzido por que o motorista terá um cruzamento livre. A mesma coisa será para quem vem do Parque da Cidade e poderá ter o acesso direto a essas regiões”, explicou o secretário-adjunto de Obras, Marcelo Canovas.

Segundo ele, esse será o primeiro conjunto de viadutos de um total de quatro previstos para a Epig. “As licitações para os demais serão lançadas sequencialmente, à medida que forem sendo concluídos. Nosso objetivo é diminuir os transtornos para a população”, complementou, ao informar que outra intercessão a ser contemplada será a do Setor Policial Sul.

Outra obra prevista para a Epig é a revitalização de 5,4km de sua extensão. A via passará a contar com quatro faixas de rolamento em cada sentido, uma com destinação exclusiva para ônibus.

CORREDOR – O Corredor Eixo-Oeste terá custo total de R$ 750 milhões. Com 38,7km de extensão, ligará Ceilândia, na altura do Sol Nascente, ao Plano Piloto (Eixo-Monumental e Estação Asa Sul), passando por Taguatinga. A primeira obra desse sistema foi o viaduto erguido na W3 Sul, concluído em junho deste ano.

A estrutura custou R$ 20 milhões e beneficia, aproximadamente, 80 mil motoristas que passam diariamente pelo local. A parte superior é destinada aos automóveis que trafegam pela Estrada Setor Policial Militar (ESPM) e, futuramente, para os ônibus do Expresso Oeste. Trafegam na parte inferior os motoristas que saem da W3 Sul com destino ao Terminal da Asa Sul.

“Ressaltamos que esse é um projeto de mobilidade urbana que prevê faixa exclusiva para os ônibus, o que pode reduzir em 40% o tempo gasto dos passageiros que fazem o percurso completo de Taguatinga até o Plano Piloto, em horários de pico”, destacou Canovas.

Segundo a Secretaria de Obras, o alargamento de pistas e a construção de faixas exclusivas de ônibus está previsto para as vias Hélio Prates, Comercial Norte, Samdú, Epig e ESPM.

Além disso, o escoamento do trânsito será facilitado com a instalação de um sistema binário nas Avenidas Comercial Norte e Samdú, criando mão única, sendo uma com sentido centro de Taguatinga-Hélio Prates e a outra com percurso inverso.

Outra obra será o túnel ligando a EPTG à Avenida Elmo Serejo, que terá 830 metros de extensão e contará com duas pistas paralelas, cada uma com três faixas de rolagem em cada sentido. O valor estimado do túnel, em fase de licitação, é R$ 260 milhões, com prazo de conclusão previsto de 24 meses após a assinatura do contrato.

Agência Brasília

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: