Jaque sobre EUA: “É de igual para igual”


Jaque sobre EUA: “É de igual para igual”
Assim como todo o elenco do Brasil, Jaqueline tem bem fresca na memória todas as marcações dos Estados Unidos. Também pudera. Os dois elencos se enfrentaram no último domingo (10), em São Paulo, no clássico que terminou 3 sets a 0 para as bicampeãs olímpicas.

Desta vez, Jaqueline e o Brasil não vão contar com a animada torcida do Ibirapuera. Mas vão ter a favor a confiança, que fica mais encorpada a cada boa vitória, acompanhada de apresentações convincentes. Por isso, a expectativa é alta para o clássico desta sexta-feira (15), às 8h30 (de Brasília), em Bangkok (TAI).

“É sempre difícil jogar contra as americanas. É um jogo de igual para igual. Elas têm um jogo parecido com o nosso, além de ter muita velocidade. Temos que estar sempre atentas. As centrais americanas vão muito alto e o nosso sistema defensivo tem que estar sempre preparado. Também precisamos passar muito bem para nossas jogadas saírem”, pediu Jaqueline.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: