Fiscalização do Trânsito no Distrito Federal Radar eletrônico: DF supera SP em fiscalização de ruas

O Distrito Federal ultrapassou São Paulo no número de radares eletrônicos instalados nas vias públicas. São mais de mil câmeras espalhados pela cidade. Na capital federal, a média de aparelhos por veículo é de um para 1,5 mil automóveis. Já em território paulista, essa proporção cai para um a cada 8 mil veículos. O dado imprensiona por que a frota brasiliense é cinco vezes menor que a de São Paulo.


O especialista em trânsito da Universidade de Brasília (UnB), David Duarte, explica por que em Brasília há mais radares do que na capital paulista. “As ruas daqui são mais convidativas a correr pois são mais largas. Em São Paulo isso não acontece por que há muitas curvas e esquinas, o que dificulta a ação dos apressadinhos”, detalha o especialista…

Para Duarte, a quantidade de acidentes provocados pelo excesso de velocidade ainda é alta. “O Estado deve fiscalizar e o condutor respeitar as normas de trânsito”, concluiu o acadêmico.

Com mais de mil radares controlados pelo Detran e DER, o número de multas no DF tem caído. No primeiro semestre de 2014, houve uma queda de 40% nas notificações por excesso de velocidade em relação ao mesmo período do ano passado.

De janeiro a maio de 2014, foram aplicadas 613.892 penalidades. Nos mesmos meses de 2013, foram registradas 1.532.350.

Já o número de multas contabilizadas de 2012 para 2013 aumentou em quase 250 mil. O departamento informou que neste ano mais de 660 mil notificações por irregularidades foram emitidas, gerando receita para a cidade na ordem de R$ 40 milhões.

Fonte: Jornal Destak – 19/08/2014 

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: