Defesa Civil interdita escola em Brasília

Governo diz que não houve tempo para conserto / Ricardo Marques

Havia risco de explosão na Escola Classe 1, da Estrutural, que foi construída em cima de um aterro sanitário

Governo diz que não houve tempo para conserto Ricardo Marques

Os 1,4 mil alunos da Escola Classe 1 da Estrutural estão impedidos de frequentar as aulas pela segunda vez no ano devido a um gás não identificado, com cheiro forte, que causa dores de cabeça e tonturas nos alunos de Brasília.

A Defesa Civil, que já havia interditado o prédio todo em abril, por uma semana, e três salas no último dia 14, lacrou a escola na última segunda-feira por riscos à saúde e de explosão. Exigências feitas pelo órgão, como a instalação de exaustores em todas as dependências do imóvel, não foram integralmente cumpridas pela Secretaria de Educação.

“A interdição aconteceu no fim da tarde de ontem (segunda), por isso os alunos do período matutino só foram avisados hoje (ontem). Essa semana não teremos aula, mas, como aqui na escola a adesão à greve dos professores foi baixa, não teremos muitos problemas para repor essas aulas”, explicou a vicediretora Frankinelly Assis de Oliveira.

A subsecretária de logística da Secretaria de Educação, Reuza Souza Durço, informou que os alunos serão transferidos com suas professoras para a Escola Classe 315 Norte, no Plano Piloto e para o Centro de Ensino 3, no Guará, à partir da próxima segunda-feira.  “É o prazo para que possamos adequar os prédios, o transporte e a alimentação para esses alunos”, justificou.

O GDF, segundo Durço, vai contratar em regime emergencial uma empresa para identificar a origem do gás, medir seu nível e o perigo que representa. “Só então poderemos dizer se é possível ou não reabilitar a área e levar os alunos de volta para a escola”.

A subsecretária afirma que o governo estava cumprindo as exigências feitas pela Defesa Civil, mas não houve tempo hábil para que as obras fossem concluídas. “Esses exaustores, por exemplo, são especiais. Tivemos que comprar fora do DF e alguns já foram instalados”, concluiu.

About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: