Conselho Tutelar e Polícia Militar poderão utilizar aplicativo Whatssap


A solicitação da vereadora Val Mota deve dinamizar o trabalho da segurança pública

João Lisboa – Os membros do Conselho Tutelar e da Polícia Militar (14º BPM), sediado provisoriamente em João Lisboa (9 km de Imperatriz), poderão ser beneficiados com a implantação do aplicativo whatssap, poderosa ferramenta de comunicação que transmite de forma instantânea textos, fotos, áudios e vídeos.

A proposta da vereadora Valdilene Mota (PSDC) é dinamizar o trabalho dos conselheireiros tutelares e da segurança pública na cidade de João Lisboa. Ela observa que por meio do aplicativo a comunidade poderá interagir com esses órgãos enviando mensagens (textos, fotos e vídeos) sobre irregularidades.

“Nós oficializamos o município por meio de indicação aprovada em plenário para que faça a aquisição dos aparelhos celulares, inclusive disponibilizando o aplicativo whatssap divulgando-o à comunidade joãolisboense”, explica a parlamentar que considera de fundamental importância a parceria dos órgãos: Prefeitura Municipal, Conselho Tutelar e Polícia Militar.

Val Mota relatou experiências exitosas depois que o aplicativo passou a ser adotado por algumas instituições, como é o caso do disque-denúncia do Maranhão, em São Luís. “Temos observado grupos de jornalistas, policiais militares e de estudantes que administram de forma exemplar essa ferramenta considerada bastante útil à sociedade”, conclui.


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: