Como não se abalar pelas críticas


Aprenda a seguir em frente e tirar boas lições dos julgamentos e opiniões alheias

Você pode ser bem-sucedida no trabalho ou ser uma estagiária em busca de uma carreira brilhante. Pode ser uma mulher simples ou uma sofisticada dona de casa. Pouco importa. Se você é bem resolvida nas esferas pessoal e profissional e, mais do que isso, possui luz própria, dificilmente conseguirá escapar das críticas. Algumas pessoas sinalizarão os seus defeitos e outras julgarão as suas ações. Saiba como reconhecer esses comportamentos alheios e como impedir que atrapalhem sua caminhada rumo ao sucesso.

A luz própria é sinônimo de autoconfiança. Mulheres seguras e decididas, que reconhecem a própria importância, emanam um brilho especial. E isso é capaz de despertar tanto a admiração quanto a inveja. Lidar com isso pode parecer complicado, mas a verdade é que exigirá apenas um pouco de atenção e observação.

Ao receber uma crítica, avalie de que forma ela pode contribuir para o seu aperfeiçoamento como ser humano. Uma amiga, por exemplo, alertou você sobre o seu tom de voz em um local público. Você concorda que estava falando alto? Então, essa é uma observação que pode e deve ser considerada. Seja grata pelas críticas construtivas. Elas ajudarão você a se tornar uma pessoa melhor. Sim, pois não somos perfeitas e sempre há algo a melhorar.

Infelizmente, nem todas as críticas são construtivas. Algumas podem soar incoerentes e, por vezes, absurdas. Essas, na maioria das vezes, são feitas apenas para desestabilizar você. É importante lembrar que as pessoas que querem o seu aperfeiçoamento querem o seu bem. E quem quer o melhor para você não vai querer magoar ou ofender. Por isso, é indispensável saber diferenciar o que é construtivo do que é destrutivo.

Existem pessoas que, por pura inveja ou ciúmes, vão apontar os seus defeitos sem mostrar qualquer tipo de ajuda ou solução. As críticas injustas podem acabar com a motivação do dia a dia e causar bloqueios ou inseguranças. Manter esse bloqueio, certamente, não é a melhor coisa a fazer quando isso acontecer com você. É imprescindível avaliar o julgamento para não se tornar uma pessoa triste ou improdutiva. Agradeça a “gentileza”, mas, se ela não contribuir para fazer de você uma pessoa melhor, faça o favor de esquecê-la.

“Ter alguém que nos ajude a enxergar em que ponto estamos errando é um privilégio e não um problema. E, mesmo que as críticas sejam injustas ou com intenção de diminuir você, extraia o que é bom”, reforça Núbia Siqueira, no texto “Como receber elogios e críticas”, publicado no blog cristianecardoso.com.

Analise sempre de que forma a crítica pode ajudar você a melhorar. Todas nós temos pontos fracos que podem ser aprimorados e transformados em pontos fortes. Temos a capacidade de crescer, evoluir e sempre progredir. Então, aproveite apenas o que for capaz de enriquecer o seu desenvolvimento pessoal.

Universal.org


About A Politica e o Poder

%d blogueiros gostam disto: